Os 02 Passos Essenciais para Arquitetos Captarem Mais e Melhores Clientes

Onde estão os seus clientes?

Nossa maior angústia

A captação de clientes é talvez a maior angústia dos Arquitetos e Designers de Interiores, principalmente em início de carreira.

Na ânsia por fechar mais projetos e gerar fluxo de caixa rápido, muitas vezes aceitamos prestar serviços que acabam por prejudicar o andamento do nosso negócio e não colaboram para a nossa caminhada rumo ao sucesso profissional.

No conteúdo que estou disponibilizando hoje, abordo ações para ajudar você não só a aumentar a captação de clientes, como também melhorar as chances de que cheguem ao seu escritório os clientes certos, e não qualquer cliente.

 


 

Para começar, vou contar uma breve história, baseada em fatos reais…

Tenho uma amiga bem próxima que é arquiteta. Aqui, vou chamar ela de Fabiana, mas este não é seu nome verdadeiro.

Perguntei a ela se eu poderia falar sobre a sua história no meu artigo, mas ela não gostou muito da ideia. Timidez.

Então eu decidi… falar mesmo assim!

Fabiana é apaixonada por arquitetura e seu sonho sempre foi fazer projetos de casas de luxo.

Razões não faltam: boa rentabilidade, clientes menos sensíveis a preços, possibilidade de formar um portfólio diferenciado, especificar materiais de primeira linha… Ela pensava também na possibilidade de fazer um pacote completo incluindo um projeto de interiores de alto valor incluído.

 

Fabi

Esta não é a Fabiana. É apenas uma modelo fotográfica fazendo sinal de positivo em frente a um notebook gigante.

 

Entretanto, no início da carreira, você sabe bem como é… Conseguir clientes assim não é nada fácil. Ainda mais quando não se tem uma boa rede de relacionamentos. E este era o caso de Fabiana.

Então, o primeiro projeto de Fabiana acabou sendo um condomínio de alguns sobradinhos geminados populares. Um colega de pós-graduação dela estava querendo investir em construção na época do boom do MCMV e ela topou o desafio. Afinal, não tinha outros clientes mesmo.

Depois disso, outro construtor de obras populares viu a placa dela na tal obra dos sobradinhos e entrou em contato. Resultado: mais um contrato fechado para fazer casas populares.

Os construtores e corretores de imobiliárias que ela foi conhecendo através do seu trabalho acabaram indicando ela para outras empresas que estavam investindo em obras deste padrão, e assim ela foi acumulando mais e mais serviço.

Fabiana estava feliz, pois mesmo com pouco tempo de formada ela já estava tendo uma boa quantidade de trabalho.

Depois de dois ou três anos, porém, ela percebeu que 90% de seus projetos eram de obras populares, com clientes muito sensíveis a preço, que lhe rendiam pouco e não incrementavam o seu portfólio de obras diferenciadas, para que ela pudesse divulgar seu trabalho. O mercado desse padrão de construção era muito fechado a inovações e queria sempre o mesmo feijão com arroz, para baratear.

Além disso, esse não era o tipo de projeto que ela tinha prazer em fazer. Se continuasse a atuar dessa forma, nada ia mudar na sua carreira.

Ela decidiu então mudar o seu nicho de atuação. Passou a focar-se no que realmente gostava de fazer e que percebia ser um negócio mais interessante para o seu futuro em termos de mercado: projetos de residências de alto padrão.

 

Casa de Alto Padrao

 

Não foi nada fácil. Pelo contrário, é um trabalho que exige muita determinação, disciplina e um pouco de sangue frio. Porém, valeu a pena!

Na verdade, o processo de mudança começou há mais de um ano e ainda não terminou. Ela teve que manter por um tempo a atividade em obras populares, para gerar fluxo de caixa positivo no escritório.

Até agora ela ainda tem algumas em andamento, pois trata-se de uma mudança gradual.

Mas com o tempo e através de diversas ações incisivas de marketing, se vê claramente que o ajuste de rumo está dando ótimos resultados, e hoje em dia ela já tem diversas obras contratadas por clientes que se encaixam no perfil que ela queria atingir lá no início.

A Fabi (o nome fictício já ganhou até apelido) ainda não chegou exatamente onde quer chegar, mas está no caminho certo, e isso é o que mais importa em uma jornada rumo ao sucesso!

*Obs.: Não quero dar a entender que não se possa trabalhar e ter sucesso com projetos de Habitação de Interesse Social, por exemplo. O caso da Fabiana é o caso da Fabiana. Tudo depende de quem, como, onde e porquê… Analise o seu contexto para tomar as suas próprias decisões.


 

Contei essa história para mostrar que em escritórios que dependem somente de indicações, não é o arquiteto quem decide os rumos do escritório. Os clientes é que vão aparecendo e literalmente ditando o destino da sua empresa.

É preciso que você tome as rédeas do seu próprio negócio!

Então você pode me perguntar: Mas quais as ações de Marketing devem ser realizadas em um escritório de Arquitetura para captar clientes da melhor forma possível?

 


 

Ok, vamos ao conteúdo… Condensei tudo dentro de um arquivo PDF, para facilitar a leitura e possibilitar a impressão.

Clique Aqui para Baixar o Ebook “Os 02 Passos Essenciais para Arquitetos Captarem Mais e Melhores Clientes”.

O Minibook tem 22 páginas de conteúdo, e foi feito com muita dedicação, para você tirar o melhor proveito! Boa leitura!!   🙂

Paulo Mezzomo

 

Imagens: Creative Commons

 

4 Comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *